Make your own free website on Tripod.com
             Kiss-Discografia comentada
 

                                     

      Dynasty........................................8,0

     Por : Daniel Iasbeck

1. I was made for lovin' you               1. Charisma
2. 2.000 man                                       2. Magic touch
3. Sure know something                    3. Hard times
4. Dirty livin'                                       4. X-ray eyes
                                                            5. Save your love
 
     O kiss volta a gravar um disco após intervalo de um ano (1978-quando eles se concentraram em seus respectivos álbuns solo) o que era considerado um longo intervalo naquela época, em que a banda lançava dois discos por ano! Legal, só que nessa época os integrantes já não se davam muito bem (especialmente com Peter Criss) e o resultado foi esse disco que não conta com os quatro juntos em nenhuma única faixa (talvez apenas em "Dirty Livin'").
     Tanto é, que as entrevistas dessa época mostram um Peter totalmente apático à banda e um Ace "chapado", beirando o idiota (com todo o respeito) rindo e sacaneando o tempo todo. E o pior: Peter ainda levou os problemas para a turnê, onde errava as músicas de propósito, tocando com extrema má vontade. Uma vez chegou até a levar um chute na bunda no intervalo de um dos shows (cortesia de Gene).
     Vamos as músicas:

     I WAS MADE FOR LOVIN' YOU-(P. Stanley/Desmond Child) v : paul

     Com o nítido objetivo de criar um hit, Paul (com ajuda de seu companheiro Desmond Child) escreveu essa música "disco". E daí? A música é ótima e acabou mesmo obtendo um enorme sucesso. Detalhe : Não há Peter, Gene ou Ace tocando nessa música. Paul gravou o baixo, as guitarras e há um baterista de estúdio (além dos teclados provavelmente tocados por um "fantasma").

     2.000 MAN-(Mick Jagger/Keith Richards) v : ace

     Ace ,empolgado com o seu álbum solo (que por sinal é o melhor dos quatro) impõe-se mais. Começa com a gravação desse cover do Rolling Stones (banda da qual ele é fã). Não há Gene, Paul (talvez apenas no backing vocal) e Peter tocando nessa música. Foi gravada no esquema do álbum de Ace,ou seja, Ace cantando e tocando tudo ,menos a bateria , que fica a cargo de Anton Fig.

     SURE KNOW SOMETHING-(P. Stanley/Vincent Poncia) v : paul

     Sem dúvida a melhor de todas. É uma balada de Paul Stanley, com um refrão muito marcante. Novamente Paul tocou o baixo e as guitarras (inclusive o solo-como pode ser visto no clip). Foi lançada como single e fez relativo sucesso. Mais recentemente foi gravada no MTV unplugged.

     DIRTY LIVIN´-(P. Criss/Stan Penridge/V. Poncia) v : peter

     Finalmente temos a música do Peter. Considerada pela maioria dos fãs como uma música horrível,"Dirty livin'"foi a única contribuição de Peter Criss para esse álbum. É uma música "pesada" em termos de letra, onde ele expressa sua vontade de sair daquela vida no kiss. Já a música é meio estranha.Talvez todos os membros tenham participado nessa gravação, (pois se ouve claramente suas vozes no refrão) mas o baixo dificilmente foi tocado por Gene, pois não mostra o seu estilo.

     Essa foi a primeira a ser gravada para o álbum. Logo depois Gene e Paul "dispensaram" Peter das gravações, devido a seu fraco desempenho ("explicado"ou "despistado" por um acidente que ele sofreu na época).

     CHARISMA-(G. Simmons/Howard Marks) v : gene

     A primeira contribuição de Gene para o disco é essa fraca música com uma temática já antes explorada (em "do you love me?" por exemplo) e com um andamento meio "quadradinho". Gene tocou guitarra base e baixo nessa faixa e a bateria ficou por conta de Anton Fig. Talvez Ace no solo...(?)

     MAGIC TOUCH-(P. Stanley) v : paul

     Boa música de Paul. É meio lenta, mas muito bonita. Tudo gravado por Paul com Anton Fig na batera. Juntamente à "Sure know something", é ponto alto do disco.

     HARD TIMES-(A. Frehley) v : ace

     Segunda faixa de Ace, também totalmente tocada por ele e Anton Fig na bateria. Essa é uma boa música de Ace, só não é ótima porque tem um riff "chupado" de "Rip it out", de seu álbum solo lançado no ano anterior (78).

     X-RAY EYES-(G. Simmons) v : gene

     Mais uma das duas contribuições de Gene. Essa é bem estranha ,coisa normal para uma música dele desse período. Eu já escutei umas "demos" dele dessa época e as músicas soavam estranhas como essa. Gene tocou baixo e guitarra base nela, Anton Fig na bateria e, de novo, talvez Ace no solo....(???).Dá pra identificar a voz de Paul no refrão.

     SAVE TOUR LOVE-(A. Frehley) v : ace

     Mais uma do Ace. Mais criativa do que "Hard times", o destaque fica para o bizarro (diferente) refrão e para a bateria "animal"(Anton Fig). Ace: Guitarras e baixo. Outros (menos o Peter):backing vocal.